SOBRE NÓS:

Este espaço é destinado à divulgação de música de qualidade, focando sempre os estilos Jazz, Instrumental e música de concerto.

Tendo como filosofia divulgar trabalhos que dificilmente estará presente na programação musical de outras rádios tradicionais, estamos abertos para divulgação de trabalhos inéditos que esteja dentro deste perfil, focando sempre o interesse do ouvinte mantendo assim fielmente nosso propósito e objetivos.

O porquê do nome Rádio Edison?

Várias foram às razões para a escolha do nome Edison para a rádio, embora haja duas grafias para o mesmo nome sem a vogal “i” Edson, que não é o nosso caso, mas vamos aos fatos que levaram a tal escolha:

Em primeiro lugar devo esclarecer que a escolha de meu nome, deve-se a meu saudoso pai de quem desde muito cedo, mesmo antes de ter consciência de minha própria existência, já  recebia  toda a influência musical, além de contar com o fator genético herdado dos meus tios músicos da família, razões pelas quais possa explicar todo o amor que tenho pela música.

A música é sem sombra de dúvida um dos pilares de minha formação humana e que muito contribuiu para ser quem sou, e acreditar no poder transformador desta arte que tem uma ligação direta com a divindade.

Ao longo de minha vida tive o prazer em conhecer e a conviver com seres humanos fantásticos dotados de talento e genialidade, refiro-me especificamente aos meus amigos músicos com quem firmei laços de amizade, pessoas maravilhosas que me motivaram esta minha iniciativa de criar a Rádio Edison, e agradeço a Deus que me presenteou colocando-as em meu caminho e que simplesmente me chamam de Edison e assim sou conhecido.

Outro fato tem como objetivo o de homenagear a histórica Casa Edison Rio Janeiro, fundada no ano de 1900, uma empresa importadora, o nome homenagem a Edison, o inventor do fonógrafo, foi um estabelecimento comercial destinado inicialmente à venda de equipamentos de som, máquinas de escrever, geladeiras etc. Após dois anos de funcionamento, tornou-se a primeira firma de gravação de discos no Brasil. No ano de sua fundação, Fred Figner escreveu para a companhia Gramophone de Londres, solicitando que enviasse ao Brasil técnico para gravar música brasileira, iniciativa e pioneirismo.

E foi exatamente por estes motivos e do porquê a rádio de chamar Edison, pois como já citei anteriormente fui criado em um ambiente musical que propiciava e se respirava muita música em meio aos discos 78 RPM, long play, compactos simples e duplo, fitas de rolo e K7 e muitas rádio vitrolas, enfim esta paixão foi se firmando cada vez mais onde passei a atuar como técnico de som em gravações em shows e estúdio e como músico amador em diversas formações musicais, espero ter conseguido explicar um pouquinho desta trajetória e identificação com este universo chamado música.

 

IFrame

Jazz & Instrumental 

Colaboradores:

Administração - Maria Cristina dos Santos Jorge

Locuções - Claúdio Siriani / Alves de Souza / Raquel Cordeiro

 

Acervo - Sérgio Zago / Fernando Toledo / Pedro Lamartine Faria / Cássia Regina de Toledo Leme